DEMANDA POR ACIDENTE EM FRIGORÍFICO*

Nós podemos te ajudar com a sua demanda por acidente em Frigorífico*

Se você ou um membro da sua família se envolveram em um acidente em um frigorífico, é importante que falar com um advogado se tiver intenção de ingressar com uma demanda*.

Fale Conosco sobre o seu Caso

Nós estamos aqui para ajudá-lo. Entre em contato hoje no +353 1 649 9900

Envolvido em um acidente em um Frigorífico*?

Estar envolvido em um acidente em frigorífico, independentemente da gravidade do acidente de trabalho, pode ser uma experiência traumática – independentemente se você tenha sofrido algum ferimento ou não. Nos casos os quais você esteja envolvido em um acidente no ambiente de processamento de carne e que não foi sua culpa, pode haver uma solução legal. E esta solução legal pode ser por meio de uma reclamação / ação judicial de acidente em um frigorífico.


Reclamações/Ações Judiciais Comuns de Acidentes em Frigoríficos

Acidentes em frigoríficos são relativamente comuns na Irlanda, dada a natureza das atividades que estão associadas à função. Em muitos casos, as lesões podem ser atribuídas ao ambiente acelerado de trabalho e ao tipo de trabalho manual realizado em uma fábrica de processamento de carne.

Em 2018, a indústria da carne processou:

  • 1.8 milhões de bovinos
  • 3.3 milhões de porcos
  • 2.9 milhões de ovelhas
  • 90 milhões de frango de corte

De acordo com o Departamento de Agricultura, Alimentação e Maritimo (DAFM), a Irlanda é o quinto maior exportador líquido de carne bovina do mundo, com um valor de exportação de carne de € 3,9 bilhões por ano.

Demandas relacionadas a acidentes em frigoríficos ocorrem, em muitos casos, por negligência do empregador em proporcionar um ambiente de trabalho seguro. É responsabilidade do seu empregador realizar avaliações de risco de rotina para determinar se existem riscos potenciais e garantir que os empregados tenham um ambiente de trabalho seguro. Os empregadores também devem fornecer o treinamento correto e os equipamentos de segurança necessários para evitar acidentes e lesões nas fábricas de processamento.

De dezembro de 2019 a novembro de 2020, o Tánaiste (Vice Primeiro Ministro) confirmou que ocorreram 176 acidentes de trabalho em frigoríficos, incluindo uma fatalidade. Esse número se compara aos 225 acidentes em frigoríficos registrados em 2019 e aos 234 registrados em 2018. De acordo com a Administração de Segurança e Saúde Ocupacional (OSHA), os trabalhadores do setor da carne e aves sofrem o dobro de lesões graves no curso de seu trabalho se comparados aos empregados das áreas privadas.

Como os frigoríficos são ambientes de trabalho extremamente acelerados, os empregados geralmente precisam trabalhar o mais rápido possível para cumprir as metas que o empregador estabeleceu para eles. Consequentemente, o empregado está mais propenso a correr riscos para tentar acompanhar a carga de trabalho excessiva. Esses riscos são geralmente testemunhados pela gerência e ignorados, pois parar tais comportamentos atrasar a produção e obstar a empresa de atingir suas metas de produtividade.

O Centro de Direitos dos Imigrantes na Irlanda (MCRI) foi criado em 2001 para tratar de questões relacionadas ao local de trabalho e proteger os empregados da indústria agro-alimentar. A indústria de processamento de carne tem uma alta porcentagem de estrangeiros trabalhando neste setor cuja primeira língua pode não ser o inglês. Posteriormente, estes empregados poderão deparar-se com algumas barreiras linguísticas, tanto durante o período de treinamento quanto no desempenho de suas funções diárias. Como todas as precauções de saúde e segurança podem não ter sido totalmente compreendidas, o risco de ocorrência de um acidente aumenta.

Observamos que é responsabilidade do empregado de frigorificos seguir os regulamentos de saúde e de segurança no local de trabalho para garantir que não sofram um acidente de trabalho – ou seja, qualquer comportamento imprudente no trabalho pode ser prejudicial à sua demanda.

Para visualizar um guia detalhado sobre o que e é exigido nos relatórios dos empregadores, consulte o Guia sobre os Regulamentos de Segurança, Saúde e Bem-estar no trabalho (Notificação de Acidentes e Ocorrências Perigosas) de 2016.


O que devo fazer caso eu seja envolvido em um acidente em um frigorífico?

Se você for envolvido em um acidente em um frigorifico, há vários passos que você deverá seguir:

  1. Procure atendimento médico

    Sua saúde é sua riqueza e deve ser a sua primeira prioridade. Imediatamente após o acidente, reserve um segundo para avaliar a si mesmo para determinar se você tem algum ferimento. Em seguida, verifique se mais alguém se envolveu no acidente e precisa de atendimento médico. Se você ou qualquer outra pessoa envolvida sofreu uma lesão grave, certifique-se de entrar em contato com uma ambulância para atendimento no local do acidente.

    Mesmo que sejam lesões aparentemente leves, você deverá se lembrar de que quaisquer lesões podem progredir para uma lesão mais grave no futuro. Nesse caso, é sempre melhor prevenir do que remediar e é aconselhável que você vá ao departamento de acidente e emergência do hospital mais próximo (A&E) ou GP (clinico geral) para ser examinado.

  2. Relato de acidentes

    É importante relatar o acidente ao seu superior, ou seja, o supervisor ou gerente da empresa. Não importa o quão pequeno você ache que o acidente possa ter sido. Por lei, acidentes no trabalho devem ser relatados caso a pessoa tenha sofrido uma lesão que a incapacite de realizar suas tarefas diárias de trabalho por mais de 3 dias. Certifique-se de que o Formulário de Acidente de Trabalho seja preenchido. Este formulário poderá ser usado como referência em qualquer exame médico e também ajudará a prevenir que acidentes similares ocorram no futuro.

  3. Identificação das testemunhas

    Se possível, tente pegar os detalhes de contato de qualquer pessoa que tenha presenciado o seu acidente. Isso pode ser útil caso você decida entrar com uma demanda por acidente de trabalho. Também é útil saber se há câmeras de CCTV na área onde ocorreu o acidente.

  4. Documente o incidente

    É importante que você recolha todas as informações relevantes relacionadas ao seu acidente:

    • Como o acidente aconteceu
    • Detalhes das testemunhas caso haja alguma
    • Se houver gravações do seu acidente nas câmeras de CCTV
    • Tire fotos de onde o acidente aconteceu e o que possivelmente causou seu acidente.
  5. Fale com um advogado especializado em demandas por acidentes em fábricas

    Se você está pensando em prosseguir com uma demanda por acidente em frigorífico por quaisquer danos pessoais que tenha sofrido, é aconselhável que você fale com um advogado o mais rápido possível. Se você for proceder com a reclamação/ação judicial, o primeiro passo será enviar sua reclamação ao Conselho de Avaliação de Danos Pessoais para ser avaliado. Um advogado poderá ajudá-lo a preparar o seu requerimento para o Conselho de Danos Pessoais e garantir que o andamento do processo esteja no formato correto, o que significa que você poderá avançar com a sua reclamação/ação judicial mais rapido e sem atrasos desnecessários.
    É importante que você se lembre de manter cópias de quaisquer despesas incorridas em razão do acidente. Sempre que possível também é muito importante manter cópias de relatórios médicos ou formulários de relatórios do incidente, pois você precisará deles ao ingressar com uma demanda.

Fale Conosco sobre o seu Caso

Preencha seus dados abaixo e entraremos em contato com você para conversarmos sobre o seu caso de forma totalmente confidencial.
  • Este campo é para fins de validação e não deve ser alterado.
Our helpful team

Precisando de ajuda? Basta pedir.

Usamos nosso conhecimento especializado e expertise de 30 anos para lhe dar o suporte que você precisa. Usamos linguagem não-juridica e fornecemos conselhos práticos e imparciais em todas as fases do processo!

Ligue para nós ainda hoje +353 1 649 9900 ou entre em contato online.

Como faço para ingressar com uma demanda?

Tão logo você tenha reunido todas as informações relevantes e relacionada à sua lesão, é hora de prosseguir com sua demanda. É importante usar um advogado especializado neste tipo de acidentes para orientá-lo corretamente com isso.

  1. Prepare as informações para o advogado

    Quando você decidir que deseja prosseguir com sua demanda por acidente em frigorífico, é importante ter todas as informações relevantes em mãos ao entrar em contato com um advogado. Informações importantes para ter em mãos neste momento são:

    • Data do acidente
    • Localização do acidente
    • Detalhes de quem / o que causou o acidente
    • Detalhes especificos do que aconteceu
    • Para quem você comunicou o acidente?
    • Existe câmeras de CCTV que possam ter filmado o acidente?
    • Detalhes dos seus ferimentos/ lesões
    • Detalhes do Hospital ou Médico que te atendeu
    • Quaisquer fotos que você possa ter tirado do local do acidente e/ou de seus ferimentos
  2. O Advogado se torna o seu conselheiro de confiança

    Os advogados são experientes em lidar com demandas relacionadas a acidentes em frigoríficos e podem evitar quaisquer obstáculos legais que você possa encontrar durante a jornada se fizer esse processo sozinho. O trabalho do seu advogado é ser seu conselheiro de confiança em todas as questões jurídicas durante todo o seu processo.

  3. O Advogado obterá um relatório médico

    Um dos documentos mais importantes no seu caso é o laudo médico. O seu advogado irá te pedir os detalhes do seu médico ou do hospital que você foi atendido para obter um relatório sobre os seus ferimentos. Este relatório será então usado para nos permitir o prosseguimento do seu caso.

  4. O advogado prepara o seu requerimento para o Conselho de Danos Pessoais

    Assim que o seu advogado reunir todas as informações, a sua reclamação/ação judicial será submetida ao Conselho de Avaliação de Danos Pessoais para avaliação. Seu advogado fará isso por você. Assim que o Conselho de Danos Pessoais avaliar sua demanda, seu advogado irá te comunicar o valor que foi sugerido para um acordo. Nesta fase, você tem a opção de aceitar a avaliação do Conselho de Danos Pessoais ou rejeitá-la e seguir as próximas etapas.

    Neste ponto, existem dois cenários possíveis:

    a. Se tanto você quanto a parte culpada aceitarem a avaliação do Conselho de Danos Pessoais, seu caso será resolvido e a pessoa culpada será condenada a pagar o valor de indenização sugerido a você.

    b. Se qualquer das partes, você ou a pessoa culpada, rejeitar a avaliação do Conselho de Danos Pessoais, você passará para o próximo estágio e seu advogado iniciará um processo judicial.

  5. Possíveis resultados do caso

    Antes de começar a se preocupar com o tribunal de justiça e com tudo o que é atrelado a ele, é importante entender que apenas uma pequena porcentagem dos casos realmente se torna efetivamente um processo judicial.

    Serão organizadas reuniões tentar compor um acordo. A maioria dos casos são resolvidos neste ponto sem a necessidade de ingressar em juízo e lembre-se de que é o trabalho do seu advogado estar com você a cada passo desta jornada, para garantir que seus melhores interesses sejam atendidos em todas as etapas. Seu advogado será seu conselheiro de confiança durante todo o processo para permitir que você foque em sua recuperação e ele em resolver seu caso.

Na Tracey Solicitors, nós fazemos com que o direito se torne acessível para todos, independentemente do seu conhecimento ou experiência com processos judiciais. Para mais informações e uma conversa confidencial sobre seu acidente de trânsito, ligue para 01 649 9900, e você poderá falar imediatamente com um membro da nossa equipe, ou envie um e-mail para ask@traceysolicitors.ie para nos contar sobre seu caso.

O que os Nossso Clientes Tem a Dizer

Nosso objetivo é fornecer assessoria jurídica clara e independente para alcançar os melhores resultados possíveis aos nossos clientes.

Encontrei um grande profissionalismo nos funcionários, alta cultura de trabalho e pontualidade. Recomendo.
Muito obrigado pela sua assistência em mais um caso bem sucedido.
Se ao menos eu pudesse dar 10 estrelas". Cheio de profissionalismo e excelente serviço (Sylwia foi sempre simpática e gentil). Fui mantido informado sobre o andamento do caso. Posso dizer com segurança que este é o melhor escritório de Dublin, e eu o recomendaria a qualquer pessoa.

Composição do Caso

Se você decidir prosseguir com uma demanda por acidente em frigorífico, talvez possa ter direito a reivindicar indenização pelo acidente e despesas adicionais que possa ter incorrido. Essas indenizações são chamadas de indenizações por perdas e danos.

Indenização por Danos Gerais

Indenizações gerais são danos não financeiros, como dor e sofrimento e/ou danos físicos e emocionais decorrentes de acidente em uma fábrica de processamento de carne.

Indenização por Danos Especiais

Indenizações por Danos especiais são despesas extras incorridas com o resultado do acidente de trabalho, por exemplo, perda de ganhos /salários (se você ficar desempregado), contas médicas e custos adicionais de viagem como resultado do acidente (por exemplo, ida e volta do hospital).

Quais são os Prazos Prescricionais?

A Lei de Prescrições estabelece os limites de prazos para que você ingresse com uma reclamação e ou ação judicial – estes podem variar a depender do caso. A regra geral para a maioria dos casos de danos pessoais é de que a pessoa lesada tem até dois anos a partir da data do acidente ou da data do conhecimento do acidente para apresentar um pedido de indenização. Entrar em contato com um advogado para conversar sobre o seu caso e irá ajudá-lo a determinar quanto tempo você tem de prazo para propor uma reclamação e/ou uma ação judicial.

Responsabilidade & Proteção Legal

Ingressar com uma demanda começa com a determinação da responsabilidade.

  • De quem é a responsabilidade pela causa das lesões?
  • Esta lesão poderia ter sido evitada se certas medidas tivessem sido implementadas pelo seu empregador?
  • Você tinha os equipamentos necessários para realizar a tarefa que levou à lesão?

Em muitos casos, verifica-se que o empregador é o responsável pelo acidente devido a uma violação do seu dever de cuidado. No entanto, em alguns casos a responsabilidade também poderá ser do empregado ou até mesmo de clientes.

Sobre Tracey Solicitors

Nós temos mais de 30 anos de experiência em causas envolvendo danos pessoais e estamos aptos a fornecer aconselhamento e serviços jurídicos especializados.

Estamos aqui para ajudá-lo com sua demanda e trabalharemos com você para garantir que você entenda cada passo de sua jornada jurídica.

Entre em contato conosco

Nossa amigável e experiente equipe está esperando para atender sua chamada. As linhas funcionam de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h.

+353 1 649 9900

Ou você pode preencher nosso formulário de contato e nós ligamos de volta para você