Negligência Médica*

Reivindicações De Cirurgia Plástica*

A cirurgia cosmética (ou cirurgia plástica) está se tornando cada vez mais popular na Irlanda. Geralmente, é uma decisão que não é tomada de forma leviana por uma pessoa que deseja mudar parte de sua aparência. Em alguns casos, ela é necessária após uma lesão ou para a correção de uma desfiguração. Também é usada para melhorar a autoestima de alguém. Independentemente dos motivos pelos quais uma pessoa opta pela cirurgia plástica ou cosmética, a negligência médica não é algo com que o paciente deva se preocupar.

Fale Conosco sobre o seu Caso

Diferença entre Cirurgião Plástico e Cirurgião Cosmético

É importante observar que pode haver uma diferença entre um cirurgião plástico e um cirurgião cosmético. O Conselho Médico tem um registro de especialistas em cirurgia plástica e reconstrutiva. É preciso entender que qualquer médico no registro geral da Irlanda pode se autodenominar “cirurgião cosmético”. Isso pode fazer com que os pacientes recebam cuidados inadequados e, por sua vez, podem ser vítimas de negligência médica. Muitas pessoas da área considerariam isso enganoso e, em alguns casos, potencialmente perigoso. Para usar o termo “cirurgião plástico”, o médico deve passar por um treinamento especializado avançado.

Antes de escolher um cirurgião plástico ou cosmético, é aconselhável verificar com o Medical Council of Ireland se ele é um especialista registrado. Você também pode verificar isso com a Association of Plastic Surgeons (Associação de Cirurgiões Plásticos).

Causas

As reivindicações por negligência em cirurgia plástica/cirurgia estética geralmente surgem por alguns dos motivos a seguir:

  • Danos aos nervos
  • Lesões pessoais sofridas durante a cirurgia ou como resultado de cuidados posteriores inadequados
  • Cicatrizes inesperadas
  • Lipoaspiração que resulta em perfuração intestinal
  • Erro cirúrgico durante a cirurgia
  • Danos aos nervos do rosto causados por injeções de botox/preenchimento
  • Remoção de sinais cancerígenos, levando ao atraso no diagnóstico de câncer
  • Resultados ruins

Tipos comuns

Algumas reclamações comuns de negligência médica referem-se aos seguintes procedimentos estéticos:

  • Cirurgia plástica
  • Blefaroplastia (cirurgia das pálpebras)
  • Elevação da testa
  • Lifting facial
  • Remoção de pelos a laser
  • Remoção de cicatrizes faciais
  • Substituição de cabelo
  • Cirurgia a laser
  • Rinoplastia (cirurgia do nariz)
  • Otoplastia (cirurgia da orelha)
  • Mentoplastia (cirurgia do queixo)
  • Resurfacing da pele
  • Remoção de tatuagem a laser
  • Implantes mamários/aumento dos seios
  • Botox
  • Lipoaspiração
  • Cirurgia ocular a laser
  • Abdominoplastia (abdominoplastia)
  • Aplicação de maquiagem permanente/semi-permanente

Fale Conosco sobre o seu Caso

Preencha seus dados abaixo e entraremos em contato com você para conversarmos sobre o seu caso de forma totalmente confidencial.

  • Este campo é para fins de validação e não deve ser alterado.
Our helpful team

Precisa de ajuda? Basta pedir.

Para obter mais informações e uma conversa confidencial sobre sua reclamação e ou ação de negligência médica, ligue para Elaine Hickey, Advogada Chefe da equipe de Negligência Médica, no +353 1 649 9900 e conte a ela sobre seu caso de negligência médica ou entre em contato por e-mail para ask@traceysolicitors.ie e ela poderá te ligar de volta.

Como faço para proceder com uma reclamação ou ação judicial?

Uma vez que você tenhas reunido todas as informações relevantes relacionadas à sua lesão, é hora de avançar com sua reclamação ou ação judicial. É importante se utilizar de um advogado especializado em negligência médica para ajudá-lo com isso.

  1. Fale com um advogado

    Se você sentir que não recebeu o tratamento médico adequado enquanto estava sob os cuidados de um profissional de saúde ou médico que isto resultou em lesão / dano devido às ações ou omissões um profissional de saúde ou médico, Então e muito importante falar com um advogado especializado em negligência médica após o acontecido. Negligência médica é um tópico complexo na legislação irlandesa. Fale com um advogado especializado em negligência médica ao apresentar uma reclamação e ou ação. Isso garante que nenhuma etapa essencial seja perdida durante todo o processo legal. Apresentar uma reclamação sem ter falado com um advogado pode atrasar o seu processo de reclamação e ou ação judicial. Um advogado pode ajudar a determinar o prazo limite de reclamação ou ação do seu caso de negligência médica.

  2. Obtenha os seus prontuários médicos

    Para fazer uma reclamação, deve ser estabelecido e comprovado que a lesão sofrida foi causada por negligência médica do médico ou da equipe médica encarregada de seus atendimentos. Portanto, após ter falado com você sobre seu caso, o seu advogado solicitará o acesso aos seus prontuários médicos. Nesta fase, o advogado terá seus prontuários médicos avaliados por um médico perito independente. Isso ajudará a determinar se um cirurgião ou equipe médica que te tratou de fato administraram cuidados médicos precários ou de baixo padrão se negligência foi a causa da sua lesão e se seus danos / consequências poderiam ter sido evitados caso o nível adequado de assistência médica tivesse sido aderido.

  3. Carta de Reclamação

    Se o médico perito independente concluir que ocorreu negligência médica, então o seu advogado irá redigir uma Carta de Reclamação e ou ação ao médico que o tratou. Uma Carta de Reclamação descreverá a natureza do seu caso e convidará o médico a resolver o seu caso. As próximas etapas envolvidas dependem muito do tipo do seu caso e da resposta à sua Carta de Reclamação, o que determinará se o seu caso será levado ao tribunal ou resolvido fora do tribunal. Seu advogado estará à disposição a cada passo do caminho para orientá-lo neste processo.

Na Tracey Solicitors LLP, nossos dedicados advogados especializados em negligência médica têm anos de experiência em ajudar pessoas a lidar com reclamações e/ou ações de lesões médicas traumáticas. Nós somos especialistas em lesões, tanto físicas quanto emocionais, que você possa ter sofrido e temos apoiado e ajudado muitas pessoas em situações similares a prosseguir com reclamações e/ou ações de negligência médica na Irlanda nos últimos 30 anos.

Para obter mais informações e realizar uma conversa confidencial sobre sua demanda por negligência médica, ligue para 01 649 9900 ou por e-mail para ask@traceysolicitors.ie e nos informe sobre o seu caso. Você poderá falar com um membro da nossa equipe imediatamente.

O que os Nossso Clientes Tem a Dizer

Nosso objetivo é fornecer assessoria jurídica clara e independente para alcançar os melhores resultados possíveis aos nossos clientes.

Se ao menos eu pudesse dar 10 estrelas". Cheio de profissionalismo e excelente serviço (Sylwia foi sempre simpática e gentil). Fui mantido informado sobre o andamento do caso. Posso dizer com segurança que este é o melhor escritório de Dublin, e eu o recomendaria a qualquer pessoa.
Sendo que o meu era um caso bem sensível e pessoalmente difícil, achei que o Paul e sua equipe são de uma experiencia vasta e excepcional.
Muito obrigado pela sua assistência em mais um caso bem sucedido.

Composição do Caso

Se você decidir dar sequência a uma reclamação ou ação judicial por negligência médica, poderá ter direito a reivindicar a indenização pelo acidente e a reparação pelas despesas adicionais que possa ter incorrido. Essas indenizações são chamadas de indenização por perdas e danos.

Indenização por Danos Gerais

Indenizações gerais são danos não financeiros, como dor e sofrimento e/ou danos físicos e emocionais após ter sofrido um dano devido negligência médica.

Indenização por Danos Especiais

Indenizações por Danos especiais são despesas extras incorridas com o resultado da negligência médica por exemplo, perda de ganhos /salários (se você ficar desempregado), contas médicas e custos adicionais de viagem como resultado do acidente (por exemplo, ida e volta do hospital).

Quais são os Prazos Prescricionais?

A Lei de Prescrições estabelece os prazos limites para que ingresse com uma reclamação ou ação judicial – estes variam de acordo com a situação. Ao levar em consideração a duração de uma reclamação ou ação judicial por negligência médica, é importante lembrar que os casos de negligência médica exigem determinados prazos dentro dos quais você pode apresentar uma reclamação ou ação judicial. Para reclamações de negligência médica, o prazo é de dois anos a partir da data do acidente ou da data que a pessoa teve contato com a doença ou foi lesionada como resultado da negligência médica. Entrar em contato com um advogado para conversar sobre o seu caso e ele irá ajudá-lo a determinar quanto tempo você tem de prazo para fazer uma reclamação ou ação judicial.

Negligência médica envolvendo crianças (menores de idade)

Em um incidente infeliz no qual uma criança está sujeita a negligência médica, o processo para ingressar com reclamação ou ação judicial difere da de um adulto. O prazo de dois anos para que um menor de idade apresente uma reclamação ou uma ação judicial começa a contar a partir de sua maioridade, ou seja, deseu aniversário de 18 anos.

Sobre Tracey Solicitors LLP

Nós temos mais de 30 anos de experiência em causas envolvendo danos pessoais e estamos aptos a fornecer aconselhamento e serviços jurídicos especializados.

Estamos aqui para ajudá-lo com sua demanda e trabalharemos com você para garantir que você entenda cada passo de sua jornada jurídica.

Entre em contato conosco

Nossa amigável e experiente equipe está esperando para atender sua chamada. As linhas funcionam de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h.

+353 1 649 9900

Ou você pode preencher nosso formulário de contato e nós ligamos de volta para você